Porque o mais provável é ninguem ligar ao que tens a dizer...

sexta-feira, outubro 12, 2007

E uma vez mais “ressuscita”…

Há coisas curiosas. Pelo menos eu considero curioso, a capacidade que alguns políticos têm em “ressuscitar”. Santana Lopes é o exemplo vivo do político que “morre” mas “ressuscita” sempre!
Desde a sua presidência no Sporting Clube de Portugal, à sua passagem pela Câmara Municipal da Figueira da Foz, pela Câmara Municipal de Lisboa e pelo Governo enquanto primeiro-ministro, foi sempre uma figura de destaque, sempre envolvido em grandes polémicas.
Político de profissão, aliás, demagogo de profissão assim prefiro denominá-lo, por onde quer que passe deixa sempre um marco, e muito trabalho para os seus sucessores. Concordemos ou não com a sua maneira de estar na política, há que reconhecer que o senhor é persistente. Agora surge, possivelmente, como secretário-geral do maior partido da oposição. Claro que lá está que o convite só poderia surgir de um político da sua mesma linhagem! Menezes, recém-chegado à presidência do partido, poderá convidar Santana à liderança da bancada parlamentar do partido. Confesso que se tal vier a verificar-se passarei a ver mais atentamente o canal Parlamento, porque será, com certeza, uma paródia assistir aos debates parlamentares. É verdade que esta maioria absoluta do Governo actual tornou São Bento mais entediante, Marques Mendes não dava tanta “vida” àquela bancada, mas com Santana as coisas serão mais emocionantes! Talvez esta seja a estratégia de Menezes, que desde que foi eleito nos seus discursos os vocábulos “transparência”, “honestidade” e “eficiência” são uma constante. E nada melhor do que com base nesses princípios, que tanto tem salientado nos seus discursos, nomear um líder parlamentar que é nacionalmente conhecido por representá-los melhor do que ninguém!

Agora só me resta esperar, para ver até onde irá esta odisseia política do maior partido da oposição…
Todavia, há algo que me preocupa! Se dentro do partido foram capazes de eleger Menezes, alguém acha que os portugueses seriam capazes de tamanha insanidade? Espero que não…

2 Comments:

Blogger il _messaggero said...

...é apenas uma consequência do facto de ter sido Santana e os seus apoiantes mais próximos os responsáveis pela feitura das listas das últimas legislativas, logo tendo o apoio tácito da maioria dos deputados da sua bancada...

Menezes apenas quer agarrar desta forma a sua bancada devido ao facto de poder ficar algo fragilizado por não estar ele próprio representado no parlamento...

Mas é engraçado estes twists e estes comebacks que t
êm vindo a ser cada vez mais frequentes na nossa vida política.

A sucessiva profissionalização da política e o carreirismo (de que santana é um dos símbolos maiores) e a sucessiva sobreposição dos interesses dos imensos aparelhos partidários existentes sobre as reais necessidades da res pública são sintomas que mostram que implosão partidária falada por Carrilho*, já esteve mais longe do que agora...

* reconheço que não será a pessoa mais idónea, mas não deixa de ter uma certa razão...

12/10/07 18:09

 
Blogger stanica said...

Mais uma gafe minha que gostaria de corrigir, pois numa frase mencionei Santana Lopes como secretário-geral do partido (se bem que ele não se importaria...). O correcto será líder parlamentar, tal como também fiz referência, mas por engano mencionei-o uma vez como secretário-geral.

13/10/07 21:58

 

Enviar um comentário

<< Home

 
Free Web Site Counter
Hit Counter