Porque o mais provável é ninguem ligar ao que tens a dizer...

terça-feira, junho 27, 2006

Bandeiras da Autonomia


Seguindo a moda imposta pelos apelos de Scolari, o governo regional, incomodado pela proliferação de bandeiras do "rectângulo" nas janelas, varandas, palheiros, chiqueiros e postes de electricidade, onde habitualmente é pendurada a propaganda do regime, resolveu distribuir 74 mil bandeiras da região, uma por cada residência, para celebrar os 30 anos de autonomia. Hoje recebi a minha, mas o bom gosto e principalmente a minha consciência não me permitem que a pendure na varanda. Além do amarelo e azul, não irem nada bem com o branco das paredes cá de casa, não faz sentido nenhum erguer uma bandeira quando outras são vergonhosamente deitadas por terra:

A bandeira da democracia-Uma imitação barata, como aquelas de Portugal comprada nos chineses com pagodes em vez de castelos. À primeira vista engana, o povo é que elege, o povo é que dá a maioria, mas depois degenera em oligarquia... há 30 anos a degenerar...

A bandeira do pluralismo politico-mero objecto ornamental como uma daquelas da Jamaica com uma folha de cannabis no meio, comprada na Avenida do Mar no intervalo da actuação dos músicos andinos/comerciantes de "artesanato" que lá andam. Possuímos mas não significa nada, apenas fica bem no quarto para disfarçar as manchas de podridão do totalitarismo politico.

Bandeira do desenvolvimento regional- Tipo aquelas da Somague no cimo de uma grua... toda suja de betão e alcatrão, lavada na água do mar estagnada dos poços que as sociedades de desenvolvimento construíram e que teimam em chamar de praia... Ou ainda, como as bandeiras do estado do mar na marina do Lugar de Baixo, estão lá mas não servem para nada... compradas a crédito... a conta vem já de seguida.

Apenas tenho medo que se abata sobre o meu lar alguma praga bíblica, por não colocar à porta o sinal do "senhor". O faraó não ungiu a porta com sangue de cordeiro e toda a gente sabe o que aconteceu ao homenzinho....

2 Comments:

Blogger Biskoita said...

E eu que pensava que a bandeira era mero reflexo de apoio a uma selecção de futebol que se quer nacional.

29/6/06 12:02

 
Anonymous Anónimo said...

Azul e Amarelo, Bandeira da FLAMA? Que ideia! É só uma Organização mafiosa e independentista que "calou" as Bombas apenas, curiosamente, quando o AlbertoJJ tirou o lugar a Ornelas Camacho, o primeiro Presidente do Governo Regional.
Entretanto, caiu-lhe o "L" e ja teve direito a distinção no Dia da Região: FAMA, Forum Autonomia da Madeira.
Até onde é que isto vai?

3/7/06 15:41

 

Enviar um comentário

<< Home

 
Free Web Site Counter
Hit Counter