Porque o mais provável é ninguem ligar ao que tens a dizer...

domingo, maio 14, 2006

Um Mundo cada vez mais globalizado?

A globalização é sempre um tema, especialmente nas últimas décadas, que é alvo de muitas dissertações, especulações, manifestações. Mas e que fenómeno é este? Estaremos cada vez mais num mundo globalizado, ou mais circunscrito de lobbies e interesses das grandes organizações? Depende, efectivamente, do prisma que queremos encarar a situação.

Os acontecimentos políticos de certos e determinados países que compõem o Globo acabam por se repercutir na vida de quase todos Nós, nem que seja na subida ou descida de preços em produtos e bens que consumimos. Como não podia deixar de ser, porque é o tema mais actual da nossa actualidade, estou a reportar-me ás subidas, quase semanais do preço do petróleo. Repare-se como os países produtores de petróleo conseguem manobrar a economia mundial. O Irão resiste aos ultimatos de possíveis sanções “ocidentais” que, eventualmente, poderão ocorrer em consequência do seu programa nuclear. A guerra no Iraque não teve as repercussões desejadas. Na Venezuela, o seu presidente não sabe bem nem o que diz, nem o que faz. Na Bolívia, o Estado decide nacionalizar o petróleo. De cada vez que um destes (e outros países produtores) se manifesta, os preços disparam. Será pura especulação? Estarão os “lunáticos” ao “volante”? Andamos basicamente à “boleia”, vamos para onde “eles” quiserem…

Já repararam na ironia? Pelo menos eu vejo alguma ironia na situação, não querendo ser desagradável, nem tão pouco ofensiva para os mais crentes. Mas o nosso “Criador” quando fez a Terra e distribuiu os recursos naturais, não teve muito olho para o negócio! Distribuição feita essencialmente pelos países do Médio Oriente e pela América do Sul, que são as zonas planetárias que melhor se distinguem pelos seus regimes políticos, e saliente-se, que não pela positiva…

Nos tempos que correm, o “combustível” que movimenta o Mundo é, sem dúvida, a economia em todas as suas vertentes. As políticas dos Estados, designadamente as insanidades de alguns, têm um papel cada vez mais activo na vida do comum cidadão mundial, porque hoje mais do que um cidadão nacional, somos um cidadão do mundo! É todo um ciclo de jogos e interesses que nem conseguimos sequer imaginar da sua plenitude e dimensões!

No panorama nacional temos as recentes OPAS que deixam o país em suspenso, num ar muito rarefeito, dificilmente respirável. Estarão cada vez mais arrojados e ousados os empresários portugueses? É a “febre” da economia meus Amigos!!! “It’s all about money”… (Relativamente a este tema das OPAS, creio que merece maior destaque, por isso aguardem para breve um post.)

P.S: no que concerne ao petróleo podemos sempre optar pela ideia do óleo vegetal como o nosso “buddy” escocês que está a dar a volta à Europa com o óleo de “frigideira”. Apelo por isso a que se começa a criar reservas individuais do óleo de cozinha!!! Vamos destroná-los com os nossos fritos!!! ;)

 
Free Web Site Counter
Hit Counter