Porque o mais provável é ninguem ligar ao que tens a dizer...

quarta-feira, março 01, 2006

"Munique", uma das muitas histórias de um conflito que perdura há séculos...

Uma história que já muitos conheciam, por ser recorrentemente narrada no canal História. São narrados factos verídicos, uma história que abarca um conflito milenar que é até aos dias de hoje "prato do dia" na imprensa internacional. Raros são os dias, em que as noticias não nos dão conta daquilo que se passa no Médio Oriente, mais concretamente o conflito entre a Palestina e Israel.
Creio que muitos como eu, naceram e cresceram a ouvir falar do conflito, mas ainda assim pressinto que muito poucos sabem do porquê do mesmo.

No que concerne ao filme, o tema da discórdia entre estes dois povos foi abordado tendo como base a história verídica dos atletas olimpicos israelitas que foram assassinados na Alemanha, Munique. Creio que foi uma maneira inteligente de abordar a situação, visto que há um maior fascínio sobre o público, quando se sabe que a história que está a ser contada é baseada em factos verídicos. A curiosidade parece ser aguçada quando somos informados que o filme em exibição retrata a história de pessoas, situações, época e lugar que efectivamente existiram. Histórias que muitas vezes parecem saídas de um filme, da imaginação de um qualquer realizador ou argumentista, mas que são na realidade verdadeiras.

No que respeita ao filme propriamente dito, está bem conseguido. Não tem "performances" espectaculares dos actores, nem considero que a realização esteja fenomenal. Considero que o filme está todo ele, em todos os seus aspectos, muito bom.
Numa perspectiva pessoal, o que mais gostei foi a forma como o filme foi pensado e estruturado. Creio que foi feito e pensado de forma inteligente, conseguindo mostrar e tocar em pontos de vista interessantes, dando a conhecer as várias faces do problema em questão. Aconselho que o visionem essencialmente pela história.
A maneira como foi desenvolvido o filme, faz-nos sentir impotentes visto que mostra o porquê, as razões de ambas as partes no conflito. Faz-nos simpatizar com as duas partes, não nos permitindo tirar partido por nenhuma. A complexidade de toda a problemática é exposta de modo imparcial, se é que isto se pode dizer. Espero que compreendam a ideia que tento transmitir, se o não conseguirem compreender aconselho que o vão ver. Não o vejam simplesmente porque está nomeado para os óscares, ou porque o realizador é famoso. Vejam com olhos de ver, no sentido de tentar perceber o que ali está em causa, com sentido crítico daquilo que se passa nesta "casa" de todos Nós.

 
Free Web Site Counter
Hit Counter