Porque o mais provável é ninguem ligar ao que tens a dizer...

terça-feira, março 28, 2006

Emigração

Portugal foi, e continua a ser um país de emigração. Actualmente também é um país de imigração. De facto, este país acolheu e continua a acolher muitos milhares de estrangeiros, que chegaram e continuam a chegar na expectativa de encontrarem uma oportunidade de trabalho. Geralmente os imigrantes vivem em piores condições de vida em relação às usufruidas pelos portugueses! O desenraízamento e a debilidade económica tornam esses grupos especialmente vulneráveis ao apelo de expedientes para a sobrivivência, seja o trabalho clandestino, o trabalho na construção, etc. Ora esta situção passa-se igualmente com os portugueses espalhados por esses 4 cantos do mundo!
Feita esta pequena introdução, gostaria de realçar que nunca vi nenhum governo português adoptar medidas de repatriamento desses mesmos estrangeiros, que todos os dias trabalham para o crescimento da nossa economia, mesmo tratando-se de um país pequeno como é o nosso.
Como tal é com muita tristeza que vejo o governo canadiano, repatriar milhares de portugueses, povo pacifico, trabalhador e honesto, que tanto têm contribuido para o crescimento do sector da construção civil naquele país, mesmo estando em situção irregular! Convém não esquecermos que esses mesmos imigrantes indesejados, foram os tais que ajudaram a construir e a tornar o país que hoje é o Canadá! Muitos destes emigrantes portugueses, mesmo não tendo um vinculo cultural com o país, consideram o Canadá como uma segunda pátria, que aprenderam a amar, pois foi lá que conseguiram realizar os sonhos de uma vida melhor, sendo mais canadianos do que alguns que andam por lá!
Por tudo isto, acho que a comunidade portuguesa merecia outro tratamento por parte das autoridades canadianas, que demonstrassem mais sensibilidade com os portugueses, evitando este pequeno incidente diplomático! Meus amigos convém reflectir sobre estes acontecimentos porque falamos de pessoas que apenas procuraram o melhor para as suas vidas, e não de delinquentes que foram espalhar o terror para terras canadianas!!!!

4 Comments:

Blogger MB said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

28/3/06 20:22

 
Blogger Madeirense ao Largo said...

Carissimo MB, o autor deste post foi o novo colaborador deste blog, madeirense ao largo de seu nome!Quanto ao facto de portugal expulsar diariamente emigrantes legais, aceito pk são casos detectados logo ao inicio, e nao casos que se deixam arrastar durante anos, ao contrario do que se possa imaginar! Portugal serve de exemplo pela maneira como aplica a sua politica de imigração!Concordo com a opinião da exploração por parte dos tais vendedores de banha de cobra, mas esses e que deviam ser realmente expulsos, pois esses induzem em erro pessoa vitimas da sua situação clandestina, aproveitando-se da boa vontade das pessoas que buscam melhores condições de vida!Outro aspecto sobre esta decisão do recente eleito governo canadiano,em meu ver trata-se de apenas mostrar aos eleitores canadianos que eles estão ali para cumprir promessas, apenas escolhendo um alvo fácil e desprotegido que são os portugueses!!!!!!!!!

28/3/06 21:23

 
Blogger MB said...

O mesmo que o excluido mas devidamente corrigido caro mmadeirense!... distrações...:p

O que me choca não são tanto as expulsões per se... Caro camarada ao contrario do que pensas também em Portugal são expulsas pessoas todos os dias, muitos dos quais nem chegam a cruzar as portas do aeroporto. O que me choca é a exploração da ignorância por parte de vendedores de banha da cobra que a troco de alguns milhares de dólares prometem o sonho de uma vida melhor. Tal é ainda mais chocante se atendermos ao facto que muitos dos denominados “conselheiros de emigração” são, em muitos casos, portugueses já estabelecidos, que conhecem perfeitamente o sistema de imigração canadiano mas que aproveitam da fragilidade e falta de informação de quem chega a uma terra estranha, acenando com o ouro dos tolos que é o estatuto de refugiado!
Claro que o caracter peremptório da medida das autoridades canadianas é extemporâneo face ao contributo que a comunidade portuguesa, que reside há décadas no país de forma legal, deu à sociedade canadiana, mas trata-se da aplicação da lei.... e como bem sabes lei e justiça nem sempre andam de mãos dadas.

28/3/06 22:03

 
Blogger MB said...

"...aceito porque são casos detectados logo ao início" têm menos direito ao sonho? nem a oportunidade para mostrar que são úteis? Agora existe o direito de usocapião aplicado à emigração??

28/3/06 22:43

 

Enviar um comentário

<< Home

 
Free Web Site Counter
Hit Counter