Porque o mais provável é ninguem ligar ao que tens a dizer...

sexta-feira, dezembro 30, 2005

2.89 não...foi mais 3.6!!!

Há uma série de factores que penso que devem ser tidos em conta em relação ao trágico acidente ocorrido no passado dia 23 que provocou a morte de cinco turistas.

Primeiro: o motorista não tinha - tal como foi avançado pela PSP após o teste de alcoolemia - 2.89 gramas de álcool no sangue, mas sim 3.6, como depois viria a ser confirmado em futuras análises realizadas mais tarde no Hospital Central do Funchal.

Segundo: Uma bebedeira tão grande nunca mais poderia ter sido "apanhada" apenas durante o almoço, (recorde-se que o acidente ocorreu às 14:15, logo após os turistas terem almoçado no restaurante Quebra Mar em São Vicente).
O que quer dizer que quando o autocarro saiu do Funchal, o motorista já ia alcoolizado -e não devia ser pouco.
Ah, é verdade, o homem não almoçou em São Vicente. Nem neste restaurante nem em nenhum dos outros por opção pessoal...O que só por si já é bem suspeito.

Terceiro - Qual foi o papel da guia nisto tudo??Não se terá apercebido de que este não estaria em condições de fazer a viagem Funchal-São Vicente. Não poderia esta se recusar em fazer o passeio - que pôs em risco a vida de 53 turistas - atendendo ao estado do condutor?
Só se o homem está tão habituado a beber que não se nota...

PS:Aproveito para desejar um óptimo 2006 a todos os que se dignam a ver este espaço de opiniães.

PPS: Prometo voltar a "postar" com mais regularidade daqui para a frente. Fiquem bem!



1 Comments:

Blogger stanica said...

Pois é, este não é um ponto a favor do turismo na Madeira, o que nos vale é que o nome "Madeira" está muito bem sedimentado por esse mundo fora! E um caso não fará um padrão.
Aproveito, já agora, para referir que a Madeira é uma região onde se consome muito alcóol. O aguentar mais a bebida para ver quem ganha não é uma virtude.

17/1/06 19:10

 

Enviar um comentário

<< Home

 
Free Web Site Counter
Hit Counter