Porque o mais provável é ninguem ligar ao que tens a dizer...

terça-feira, novembro 22, 2005

Muçulmanas

Não sou feminista, nem tão pouco fã do movimento. Condeno qualquer tipo de fundamentalismo seja ele de que tipo for! Não acredito em posições extremistas, mas sim no equilibrio.
De qualquer modo venho falar no papel da mulher cada vez mais preponderante na nossa sociedade. Para além de sermos já uma maioria a nível populacional, são cada vez mais os sectores em que a presença feminina acontece. Sectores esses em que a "nossa" presença seria impensável a alguns anos atrás. Foi preciso um longo caminho de "batalhas" para chegar onde chegámos hoje.

Isto leva-me a um tema delicado que concerne ás mulheres muçulmanas. Não quero, nem posso ser presunçosa a ponto de dizer que a cultura ocidental é melhor que a cultura muçulmana. É certo que como qualquer mulher ocidental petrifica-me algumas das práticas contra as mulheres nos países muçulmanos. Mesmo assim não consigo com veemência dizer que sou melhor, por muito que, ás vezes, me custe compreendê-los.

Todavia, cabe a todos, não só as mulheres, críticar a prática de actos de violência orientados contra as mulheres nesses países e bem dentro da europa. Actos como a mutilação do corpo, mantê-las fechadas dentro de casa como prisioneiras. Bem aqui no meio de "nós" ainda se fazem mutilações por questões culturais. Não se permite que as raparigas frequentem a escola, não tendo qualquer tipo de acesso à educação. Já me apercebi que a melhor ferramenta ou arma que se pode ter é a educação, por isso a melhor maneira de controlarmos as pessoas é negar-lhes essa educação para melhor controlá-las!
Ainda se praticam os crimes de honra contra as mulheres turcas na europa, onde toda a familia se reúne e discute sobre o homícidio, e onde o homícida sai impune.

Ayaan Hirsi Ali é uma deputada holandesa-somali que tem dado a voz e o corpo a esta luta. Natural da Somália tem encabeçado uma luta que bem sabe que lhe pode custar a vida. E que sabe que seria impossivel no seu país natal e nos países da mesma índole, referindo que já há muito que teria sido decapitada por dizer as coisas que tem dito.
Apesar de estar na europa é alvo de muitas ameaças, e para espanto de muitos, ameaças essas vindas de jovens europeias que se converteram ao islamismo.
Theo Van Gogh amigo de Ayaan foi assassinado no ano passado em Amesterdão em virtude de um filme que estava a realizar sobre as mulheres e o islão, por um muçulmano fundamentalista que estava contra o filme.

Para findar, Ayaan na entrevista citou Jonh Stuart Mill que em tempos (1869) dissera: "As sociedades que oprimem as mulheres são sociedades pobres". Eu reformulo: As sociedades onde reine a opressão contra os seus cidadãos são sociedades pobres!!!

 
Free Web Site Counter
Hit Counter