Porque o mais provável é ninguem ligar ao que tens a dizer...

sexta-feira, fevereiro 04, 2005

Oh Santana, tu pensas em tudo!!!

Antes da minha anunciada partida para terras de "Vera Cruz" (quem quer que seja essa gaja), não resisiti a vir "blogar" acerca do debate entre os dois candidatos a primeiro ministro.

Embora o debate em questão tenha deixado na minha cabeça mais perguntas do que respostas, há uma pergunta em particular que assumiu na minha mente uma importancia absurda, provavelmente devido ao descabimento da proposta: Mas porque raio é que Santana Lopes vai baixar o IA (Imposto Automóvel)??!!

A pergunta não me saía da cabeça... num debate decisivo para o futuro de um país com extrema debilidade das finanças públicas, dificuldades ao nível do investimento, o nível de produtividade mais baixo da Europa, um nível de desemprego cada vez maior e um sistema de segurança social à beira da ruptura, porque raio é que o homem propõe uma descida do IA??!!!

E foi então que percebi, era tão claro... até óbvio... estava mesmo debaixo do meu nariz e a minha mente corrompida pelo curso de economia e sitcoms americanas não queria admitir o óbvio: baixar o Imposto Automóvel resolve o problema do Sistema de Segurança Social!!!

Não perceberam?? Então pensem comigo: o Sistema de Segurança Social está sobre pressão devido aos baixíssimos níveis de natalidade e principalmente devido ao grande aumento da esperança média de vida dos portugueses. Ora, Santana, através da sua habitual astúcia, mata dois coelhos com uma cajadada só:
1) baixando o Imposto automóvel, os portugueses terão mais facilidade em adquirir automóveis, podendo assim deslocar-se para todo a lado de carro. Desta forma, aqueles que andam de transportes e/ou a pé, deixarão de o fazer. É certo e sabido que andar a pé é dos melhores exercícios para a saúde humana pelo que estimulando os portugueses a deslocar-se de carro, Santana conseguirá baixar drásticamente a esperança média de vida dos portugueses. Desta forma, os portugueses viverão menos logo receberão a sua reforma durante menos tempo!!
2) por outro lado, a baixa natalidade é explicada pelo desinteresse dos jovens em ter filhos. Quando os têm, normalmente só têm um. Por outro lado, Portugal tem a maior taxa de natalidade na adolescência na Europa, pelo que visão de Santana Lopes permitiu-lhe aproveitar esta vantagem competitiva do nosso país. Se uma adolescente vai engravidar sem querer, onde é mais provável isso acontecer?? Isso mesmo: no banco de trás de um carro!!!
Se a estratégia correr bem, Santana admitiu, off the record claro, nuances futuras deste método como a plantação de reservas de arbustos junto das ecolas secundárias.

Oh Santana, tu pensas em tudo!!!

 
Free Web Site Counter
Hit Counter