Porque o mais provável é ninguem ligar ao que tens a dizer...

domingo, fevereiro 27, 2005

"Mulher ao volante PERiGO CONSTANTE"???

Como sabem sou o único colaborador deste Blog, que é do sexo feminino. E recentemente li um artigo no Jornal o "Público" que despertou a minha atenção e curiosidade. Será mesmo real ou será simplesmente um mito que as mulheres são na sua grande maioria más condutoras? Isto dito em bom português: as mulheres são efectivamente aselhas???

Este assunto foi alvo de um sério estudo levado a cabo por uma Universidade Alemã. Uma equipa de investigadores da Univesidade de Giessen concluíu no seu estudo, que a falta de testosterona durante o período de gestação poderá afectar a habilidade espacial de algumas mulheres. O que é que acharam deste argumento? Honestamente não sei como se chega a um resultado deste, mas longe de mim desacreditar estes investigadores...

Segundo os mesmos a má condução deve-se a desiquilibrios Hormonais. Então meus Amigos, O nosso país está cheio de gente hormonalmente desiquilibrada. Aparentemente já encontrámos a solução para a elevada taxa de sinistralidade que se regista nas estradas portuguesas!!!

Mas estes senhores não se ficam por aqui... Elaboraram a teoria do tamanho dos dedos, alegando que os ossos contêm receptores de testosterona, e o quarto dedo será o mais receptivo à hormona.
Passo a citar: "a exposição de testosterona numa fase inicial de desenvolvimento afecta a forma como o cérebro funciona. Aparentemente faz com que trabalhe mais de um modo masculino com um hemisfério direito (espacial) mais forte."
E ainda dizem: "os homens são melhores nas capacidades espaciais e as mulheres nas verbais e emocionais". Pois...
Nos variados testes relizados, os voluntários masculinos sairam-se melhor que o grupo feminino, sendo que neste último as que se sairam melhor tinham um padrão de mão masculino (o anelar maior que o indicador).

Em contraposição ao estudo alemão, David Gray da Universidade e Harvard considera que os melhores condutores são aqueles com maior prática, considerando que a melhor aptidão não se deve a um traço físico.

E agora em que é que ficamos??????
Será mesmo uma questão de testosterona, ou simples falta de jeito e de prática? O melhor é começarem a olhar para o tamanho dos dedos pode ser que essa seja a resposta...

sábado, fevereiro 26, 2005

Soluções Para O Poleiro

Somos a oposição.Mas vamos sê-la de forma inteligente e construtiva.

Apoiar propostas, criticar decisões, discutir políticas, vamos fazer tudo para que Portugal cresça, vamos fazer tudo para que a nossa nação se torne invejável aos olhos do mundo. Mas para que isto aconteça com sucesso é preciso que haja como já havia referenciado neste blog, união! A união não se propõe a lançar ataques gratuitos materializados em críticas baratas de alguém que quer o poleiro para se tornar omnipresente, sendo o principal vencedor da ânsia pelo poder. Aquele que tem poder, quer sempre mais e atropela tudo e todos para consegui-lo.

Luís Filipe Menezes, não é uma pessoa que conheça pessoalmente, gostava, mas não o conheço, e a opinião que tenho do homem não é a melhor. Ele teve e tem um papel importante na vida social nortenha, e devia ficar por lá. Uma candidatura à câmara do Porto era vitória garantida. Mas ele não têm aquilo que se pede a um líder do maior partido português, Coerência! O homem faz-me lembrar todos aqueles que querem ser líderes das juventudes partidárias, um tipo de gosma peganhenta que se aproveita de tachos e ideologias de gravador para promover argumentos fúteis e abstractos, precisamos de alguém com experiência, de alguém que ganhe o povo pela essência da mensagem, e não da palavra. A singularidade verbal cria uma espécie de simbiose endofásica, que como se sabe cria a demogogia. Necessitamos alguém com "uma fase da vida mais avançada, em que a importância das coisas se torna mais relativa".O homem é um populista, já bastou Santana, o PSD não é um partido vulgar, é um partido do povo para o povo. Para populismos temos o PP, ou melhor tínhamos o Paulo Portas. Voçês percebem, certo? Temos tanta gente importante no partido, temos tanta cabeça inteligente, a esperteza reina na social democracia. Que venham os crânios, que se soltem as amarras da embarcação liberal!Viva Portugal!

Agora mais calmo, vamos continuar a nossa jornada de raciocinio político.
Marques Mendes é um homem admirável, não pela sua estatura, é pequenino, muito pequeno, por isso é original, mas pelo que propõe para a regeneração, desculpem regeneração não, revitalização do partido. Nutro uma especial simpatia por ele, é valente e destemido, não tem medo de dizer o que pensa. A reconquista do eleitorado de centro da social democracia; a introdução de qualidade argumentativa no partido promovido por militantes, mas também independentes;a promoção de uma oposição parlamentar construtiva com "sentido de serviço público" São estas a medidas principais e necessárias para transferir o rumo dissimulado que o partido estava a tomar. As outras medidas só terão sucesso se fôr eleito. Este sim, é um candidato a apoiar, não fala em nomes porque os nomes falam dele. O apoio é incontestável.

Para finalizar temos uma hipotética candidatura de Manuela Ferreira Leite, muito falada, mas pouco aprofundada. Este era sem dúvida o elemento ideal na liderança do partido, uma espécie de "Rainha Mãe" da democracia portuguesa. O ideal, passava por uma única lista com Manuela Ferreira Leite a reinar e Marques Mendes como cavaleiro real.

Mas para isso é preciso vontade, é preciso responsabilidade, é preciso consciência colectiva, VAMOS TODOS AJUDAR PORTUGAL! Disse!

sexta-feira, fevereiro 25, 2005

APÊLE!

ola amiguinhes, vces que n me levem a mal, sao tdos malta fixe simpatica e gira,mas...ja viram o exagero que é de falar (quase sempre pelo menos...) de politica...jesus, nao bastava os noticiarios e os debates, luis delgado e miguel sousa tavares (esse novo bastonario do comentadorismo em portugal sempre com aquela palavra amiga para tudo o que é madeirense...1grande abraço pa ti MST se por acaso vires isto [[]] respect), que aqui 1gajo queria desanuviar para o blog e la tinha de apanhar com os post dos nossos compinchas mais assiduos aqui do blogue, cruzes...assim nao pode ser pá...bah (mais valia meter as pics da ultima exposição canina de abrantes, que sempre dava mais pika). Pá...va, vces conseguem, vale?

p.s:Não tou a dizer que é má onda atenção...mas diversificar so faz bem!

p.s:e que tal mais gajas neste blogue??gajas sao fixes, o ppl curte gajas, sao boa onda...why not :P?

p.s:ja houve a entrega do premio de personalidades do ano?é que ainda n me chegou nada a casa...

ABRAÇOS!!!!

quarta-feira, fevereiro 23, 2005

Caros Camaradas e Amigos Blogueiros...

Pelo título, suponho que vós participantes activos ou passivos deste Blog, estivessem à espera de um comentário concernente ao discursso feito por José Socrates (actual 1º ministro, para quem ainda não se tenha convencido disso...) no momento pós eleições e face à tão desejada e obtida maioria absoluta do PS. Mas não!!!!!!! Recuso-me a falar de política e futebol neste dia. Este Blog é muito mais que isso meus Caros! E a Vida também...
Hoje proponho-me a dissertar sobre VIAJAR! Gostaria, inclusivamente de PLAGIAR o Slogan da RED BULL, e adaptá-lo para "Viajar dá-te asas"!!! A todos aqueles que gostam de laurear pelo Mundo, gostaria de aconselhar Barcelona.
Muito recentemente fui até Território de Nuestros Irmanos, mais concretamente à cidade de Barcelona, e poder-vos-ei dizer que é simplesmente espectacular. É uma cidade que consegue de modo exímio conciliar arte, lazer, compras, de forma invulgar e de uma extrema organização, que é de facto invejável!
A nível de transportes está tudo muito bem organizado, sendo que quem lá for se estiver localizado nas Ramblas, o mais certo é que se dirijam para todo o lado "à la pata".
Porque para além dos transportes serem mais caros (1 bilhete de metro para o dia são quase 5 euros), a cidade oferece mesmo ao virar da esquina uma surpresa que não estava indicada no Guia Turístico. Compensa vaguear e ir à descoberta no centro da cidade, a orientação é fácil. Nota-se que a sua urbanização foi cautelosamente planificada, e pensada para Turistas durante todo o ano e não só para a realização de um importante evento desportivo: o EURO 2004, uma vez que tem placas indicativas dos sitios em quase todo o lado.
Para consumistas desenfreados, é uma perdição! Os saldos abundam(do tipo: 70%, 80%) e ainda por cima duram mais que 1 mês. Para os amantes do calçado então, pode dizer-se que esta cidade é uma autêntica Sapataria Gigante.
Relativamente a diversão nocturna, talvez não seja a pessoa mais indicada para falar, visto ter saído unicamente 2 vezes durante a semana que lá estive. O pouco que vi, os poucos sitios que fui, contudo, gostei muito! Passo a publicidade do "Harlem Jazz Club".
A nível de museus (Picasso; Fundação Miró) é tudo a um preço razoável, digamos que irá desde os 5 a 10 euros.
Bem, não querendo tornar-me mais enfadonha e extremamente descritiva, findo recomendando Barcelona como um "Spot" a não perder. Eu poderia continuar nestas descrições, mas não vale a pena. Não há nada melhor do que ver para crer!
Escusado será referir que esta é uma opinião pessoal e logo não me podem processar por publicidade enganosa, consequentemente não haverá reembolso do dispendido caso alguém queira seguir o meu conselho! Uma última advertência: se ponderarem ir a Barcelona não convém ir de Bolsos vazios, o melhor é ir depois da crise passar!
Aquele abraço...

terça-feira, fevereiro 22, 2005

Meu Deus, 4 anos a comer broas...Lá se foi o chocolate...

Meu Caros amigos de direita, direita moderada, direita aparvalhada(Pacheco), extremistas(destros é claro) bemvindos à era socialista.

Não é mau de todo aceitarmos esta mudança, até porque era a única solução. Tudo na vida tem os seus momentos altos e baixos. Bem mais vale uma maioria absoluta socialista(mal menor) que um cenário horrendo promovido por uma coligação PS/BE(um bruto problema). Os problemas da nossa bela nação são evidentes, aumento significativo do desemprego, retrocesso nas reformas económicas, adversidades monumentais na administração pública, e um défice cada vez mais relevante da qualidade político/partidária. Mas com esforço e inteligência iremos saber ultrapassar as dificuldades.

Mas não é por isso que venho aqui falar. Apesar de saber que o tempo dos chocolates acabou e que vamos comer broas durante 4 anos, levantou-se um problema decorrente da noite de eleições que acho perene desenvolver. A direita está em crise. O apoio ao PSD e ao PP está em declínio. Ontem estava a conduzir quando ouvi as primeiras projecções que apontavam para uma maioria socialista no plenário, uns míseros 25% a 29% para o PSD, 8% para a cdu, 7,3% para o PP e 6%(!) para o bloco. Mas que RAIO! "Por Toutatis" estes portugueses devem estar loucos!!! Não sei que raio de consciência é possuidora a nossa população, mas memória curta eles tem de certeza!Temos em 2005 uma esquerda com um apoio incontestável pela maioria da população votante.Isto dá que pensar. Serão as palavras que faltam, serão as ideias que escasseam, será os próprios políticos que promovem a descrepância, ou será apenas pura coincidência? A falta de soluções na direita passa em muito pelas deserções protagonizadas pelos seus sofiocratas, que afastam-se ou são "aconselhados" a afastar-se e promovem iniciativas singulares, tornando-se posteriormente nos "líderes espirituais" da nossa sociedade. O Marcelo, o grande Freitas do Amaral, o Cavaco, o Duarte Lima, Manuela Ferreira Leite, entre outros. É imperativo a regeneração partidária à direita! A convocação de um congresso extraordinário terá que promover a união e não um conflito de interesses que destaca a fisura da nossa social democracia! A alternativa neste momento passa e em concordância com António Borges por um apoio a Manuela Ferreira Leite. Uma pessoa inteligente, destemida, com carácter forte, excelente oradora, mas com uma imagem que deixa um pouco a desejar (enfim, não podemos ter tudo...).

Outra razão para a ascensão meteórica da esquerda na preferência eleitoral dos portugueses, resume-se à ineficácia que os partidos de segunda linha demonstram. Que é feito da tão badalada reviravolta política que Monteiro falava? Garganta, garganta bacano! Este homem um dos meus mentores televisivos, ícone político dos tempos em que brincava aos cowboys na "playmobil", do tempo em construia castelos para depois, e antes dos jogos do Benfica, destruí-los. Manuel Monteiro precisa de protagonismo, mas não me refiro a evindencialismos estúpidos como vir para a televisão criticar a RTP por tê-lo integrado num painel de debate da RTPN, e depois levantar-se sem um pingo de educação e sair do estúdio. O PND é um partido secundário e o Monteiro tem que se conformar. A iniciativa promovida pela RTP já é de louvar, e em vez de aproveitar para conquistar votantes, agiu de forma infantil e insultuosa. É certo que o interesse pela política por parte de população é limitado, e os meios de comunicação tem a sua quota parte de responsabilidade, mas é aqui que urge a criação de soluções.Um intervenção mais directa e centralizada, apostando na juventude, nas mentes em formação (não num eleitorado com uma mentalidade predefinida).

Solidariedade, amigos de direita, solidariedade é o que se pede!

A Cozinha Sócrates (não, não é sobre o que estão a pensar)

Pois é!! A tão badalada maioria absoluta está aí!!
E agora...? Conseguirá José Socrates e o PS materializar a falta de compromissos revelada na campanha em projectos que promovam o desenvolvimento do país? Não será isto igual a perguntar se é possível fazer omeletes sem ovos? A resposta à segunda pergunta é óbvia. A resposta à primeira não tanto. Sócrates não mostrou os ovos, o que não quer dizer que não os tenha. Poderá não ter passado de uma táctica eleitoral.

Perante o caos no PSD Sócrates assumiu o risco (controlado) de quase nada propor, podendo assim manter a coerência quando tiver que tomar muitas medidas menos populares que se avizinham. E conseguiu o que peretendia: um cheque em branco dos portugueses. Este cheque em branco diz muito sobre a governação de Santana Lopes. Os portugueses perferiram optar, em larga maioria, pelo desconhecido (tal como diziam os cartazes do PSD) a escolher o que já conheciam. Em vez de optar entre as habituais promessas utópicas e demagogas das oposições, e a continuidade do governo em exercício, nesta campanha os portugueses podiam optar entre jogar no escuro, no vazio, no "vamos lá ver", ou na continuidade do desastre de governação que foram os ultimos meses. A escolha foi clara.

Santana queixa-se que foi pouco tempo, mas sinceramente acho que as trapalhadas cresceriam de forma exponencial com o tempo. Normalmente é assim com a incompetência. Não considero que todo o governo foi mau, mas um corpo com melhores e piores membros de nada serve quando a cabeça é inútil. António Mexia, Costa Neves, Aguiar Branco e até algumas das personalidades de Bagão Félix (e não me digam que o homem não é esquizofrénico) tiveram intervenções que poderiam ter sido úteis ao país. Ainda o podem ser, desde que não seja praticado pelo novo governo a habitual ´política de "terra queimada" imposta pelos novos governos. Também não considero Santana Lopes um perfeito inutil: sempre o considerei um gajo porreiro que pode dar jeito para entrar em algumas discotecas e pagar uns copos. Mas como primeiro ministro acho que sería útil apenas se se tratasse de uma espécie de um relações públicas, uma fachada, ou se perferirem, uma espécie de "Milie Vanilli": ele dançava, fazia playback e aparecia nos posters, desde que fossem outros a cantar. Alguém que soubesse cantar mesmo!!

Voltando aos "ovos": Sócrates tem uma oportunidade preciosa para encarrilhar o país. Tem quatro anos para fazer as tão badaladas reformas necessárias, e dar continuidade ao que de positivo foi feito (já deu indicações de que tal acontecerá, como na manutenção do fim dos beneficios fiscais dos PPR´s, apesar de forma incoerente). Nas propostas apresentadas ficou claro o porquê de serem tão poucas. Estou ansioso por ver como se vai implementar um o famoso "Choque Tecnológico" num país onde a maior parte da população não tem o 12º ano. Valha-nos Deus!!! Santa Ignorância!!! (ou Santa Desonestidade)

Por estes motivos ficarei extremamente apreensivo enquanto não aparecerem os verdadeiros "ovos", ainda para mais suspeitando que os cozinheiros serão os mesmos que os da "cozinha do guterres", um restaurante que não deixou saudades: comia-se mais ou menos mas o serviço era horrível e o preço então... era absurdo!!

P.S. Um mau indicador inicial: o discuros de vitória do futuro PM foi vergonhoso. Vai governar só para quem votou nele??

sábado, fevereiro 19, 2005

E meu primeire post

Ora viva carissimes ( e n podia faltar um especial "entao cara" aos nosso recem-chegados desse belo pais das Americas), esse voto ja ta decidide? pensava que isto era um bloguezinhe da treta,para dizer merdinha mas...estapilha,CUIDADE!!! acho que ate cm mt nivele...os meus parabens; mas para ser sincere eu tava mais virado para a merdinha reles, barata, facil, mas prontes la vai 1gajo ter de se habituar...enfim abraços a todos

p.s:acho que é escusade dizer, mas pedia-se 1post o mais urgente dos "caras"que tavem no brasil

quinta-feira, fevereiro 17, 2005

Um não explica, outro é o coitadinho...

Se as eleições se ganhassem com debates, Sócrates já as tinha perdido.
O debate a quatro de ontem na RTP, contudo acabou por não correr de feição a nenhum dos principais candidatos.
O futuro primeiro-ministro - porque mesmo assim ninguém duvida (nem dentro do próprio PSD) que a vitória vai ser dos socialistas - não esteve particularmente bem.
Além de ter demonstrado alguma irritação excessiva perante os ataques dos adversários, Sócrates pecou essencialmente por não ter sabido responder de forma objectiva às perguntas dos jornalistas.
Foram pelo menos quatro as questões às quais o candidato do PS optou por não responder. Parecia que ligava uma cassete e que tocava sempre a mesma música sempre que lhe davam a palavra...
O mais importante foi, sem dúvida alguma, não ter sabido explicar como é que vai conseguir os 150 mil empregos e como vai levar a cabo o tão falado choque tecnológico.
Não quero com isto dizer que Sócrates não tem projectos concretos. Ele tem-nos, o pior é que não os conseguiu explicar.
Mas se Sócrates não esteve bem, então Santana...
Foi o autêntico discurso do coitadinho, o da pesada herança...Se não fosse os outros isto...se não fosse outros aquilo...
Pelo amor de Deus!! Por muito que o homem saiba falar -e sabe -já não tem um pingo de credibilidade depois de tudo o que aconteceu.
Foi também interessante constatar que o candidato do PSD, em vez de se ter preocupado em se preparar para o debate, preocupou-se mais em apontar o dedo ao «acordo secreto» entre PS e BE.
Santana não soube também explicar algumas questões. Uma das quais bem pertinente de Francisco Louçã, que o obrigou até a ter de fazer um telefonema no intervalo para se inteirar da situação. Até mudou de opinião depois do intervalo...
Quanto aos outros candidatos, Louçã esteve relativamente bem - embora confesse que aquela proposta da heroína me tenha surpreendido -mas Portas esteve melhor. Objectivo e directo, foi dos poucos que respondeu de forma clara a (quase) todas as perguntas.
Notou-se também que havia ali uma boa tabelinha com o parceiro de coligação. Não fosse o diabo tecê-las...
Mesmo com uma prestação pouco positiva dos principais candidatos, considero que este foi um debate bem mais interessante do que o anterior. É certo que o formato também ajudou.
A poucos dias das eleições, a maioria absoluta, ou não, do PS, é a única dúvida que ainda tenho.
Espero também que a abstenção não impere.

PS: Vá lá pessoal, toca a escrever...Para quê ter um blog?O último foi eu que enviei, antes deste - e já tem mais de uma semana.
Tou mesmo a ver que é preciso o amigo barrete de orelhas regressar do paraíso brasileiro, para que este espaço tenha alguma acção...
Sim milho frito, esta boca é pra ti, mas também para a stanica.

PPS: E já agora para os outros!

terça-feira, fevereiro 08, 2005

A novela Barreto/RTPM

Confesso que sempre gostei da postura e da maneira de estar do actual treinador do Marítimo, Mariano Barreto, o que não invalida que concorde com recente polémica que tem «alimentado» com a RTP/Madeira. Acho mesmo lamentável que ontem tenha afirmado, peremptoriamente, em declarações à Sport TV, que muito dificilmente vai continuar à frente da equipa verde-rubra na próxima época devido ao «ambiente criado pela RTP/M», ou seja, pelas críticas que tem sofrido da parte de um dos comentadores do programa desportivo Fora de Campo onde, Raimundo Quintal, tal como todas as pessoas, tem o direito de manifestar a sua opinião em relação à actualidade desportiva regional, nomedamente da do Marítimo. Não será para isso que lhe pagam...?
É pois triste, que um treinador, que tão bons resultados tem conseguido, se deixe levar pela crítica de um ou outro «paineleiro», pondo assim, de certa forma, em causa a grande instituição chamada Club Sport Marítimo. Um bom treinador deve saber ouvir as críticas e não responder da forma veemente como tem respondido.
Urge pois perguntar se os resultados não tivessem sido tão bons como até agora, se Mariano Barreto ainda estaria por cá?
A ver, nas cenas dos próximos capítulos da novela Barreto/RTPM...

sexta-feira, fevereiro 04, 2005

Oh Santana, tu pensas em tudo!!!

Antes da minha anunciada partida para terras de "Vera Cruz" (quem quer que seja essa gaja), não resisiti a vir "blogar" acerca do debate entre os dois candidatos a primeiro ministro.

Embora o debate em questão tenha deixado na minha cabeça mais perguntas do que respostas, há uma pergunta em particular que assumiu na minha mente uma importancia absurda, provavelmente devido ao descabimento da proposta: Mas porque raio é que Santana Lopes vai baixar o IA (Imposto Automóvel)??!!

A pergunta não me saía da cabeça... num debate decisivo para o futuro de um país com extrema debilidade das finanças públicas, dificuldades ao nível do investimento, o nível de produtividade mais baixo da Europa, um nível de desemprego cada vez maior e um sistema de segurança social à beira da ruptura, porque raio é que o homem propõe uma descida do IA??!!!

E foi então que percebi, era tão claro... até óbvio... estava mesmo debaixo do meu nariz e a minha mente corrompida pelo curso de economia e sitcoms americanas não queria admitir o óbvio: baixar o Imposto Automóvel resolve o problema do Sistema de Segurança Social!!!

Não perceberam?? Então pensem comigo: o Sistema de Segurança Social está sobre pressão devido aos baixíssimos níveis de natalidade e principalmente devido ao grande aumento da esperança média de vida dos portugueses. Ora, Santana, através da sua habitual astúcia, mata dois coelhos com uma cajadada só:
1) baixando o Imposto automóvel, os portugueses terão mais facilidade em adquirir automóveis, podendo assim deslocar-se para todo a lado de carro. Desta forma, aqueles que andam de transportes e/ou a pé, deixarão de o fazer. É certo e sabido que andar a pé é dos melhores exercícios para a saúde humana pelo que estimulando os portugueses a deslocar-se de carro, Santana conseguirá baixar drásticamente a esperança média de vida dos portugueses. Desta forma, os portugueses viverão menos logo receberão a sua reforma durante menos tempo!!
2) por outro lado, a baixa natalidade é explicada pelo desinteresse dos jovens em ter filhos. Quando os têm, normalmente só têm um. Por outro lado, Portugal tem a maior taxa de natalidade na adolescência na Europa, pelo que visão de Santana Lopes permitiu-lhe aproveitar esta vantagem competitiva do nosso país. Se uma adolescente vai engravidar sem querer, onde é mais provável isso acontecer?? Isso mesmo: no banco de trás de um carro!!!
Se a estratégia correr bem, Santana admitiu, off the record claro, nuances futuras deste método como a plantação de reservas de arbustos junto das ecolas secundárias.

Oh Santana, tu pensas em tudo!!!

quinta-feira, fevereiro 03, 2005

Goodbye, Adieu, Até logo!!

Pois é!! Chegou o momento de me despedir, ou melhor, de dizer até logo (a não ser q fique de vez no Brasil).

O primeiro pedido que vosa faço é tratem deste blog como se a vossa vida dependesse disso... ou não!!

Espero que esta viagem seja culturalmente enriquecedora e espero trazer na bagagem temas interessantes para falar no blog. Certamente que os museus e monumentos que visitarei, as conferências onde estarei e os debates dialéctico-filosóficos em que vou participar contribuirão para um debate enriquecedor a ter lugar nestas paginas virtuais.

Recados:

Para "milho frito com bifes de atum":
1) "há" tem "h"
2) embora concorde com as tuas criticas às afirmações de Farnando Rosas em relação À NATO sejam delirantes, também há uma questão pertinente que surge desse debate: se não pertencessemos à NATO, e portanto aliados dos EUA, será que necessitariamos alguma vez que nos defender de alguma coisa? De quem precisa Portugal de se defender (exceptuando o terrorismo anti-Americano)? Que interesses tem Portugal no estrangeiro que justifiquem a defesa? Como não sabemos, nem nunca vamos saber, mais vale prevenir, mas acho que as questão não é assim tão linear como a colocaste
3) Graças a ti fiquei a saber que o Garcia Pereira é um verdadeiro magnata capitalista debaixo de um barrete de extrema-esquerda. Uma espécie de Abramovich dos panfletos e das tabuletas de cartão, um Rockefeller do direito e dos graffitis sem talento! ...Tás tonto?? LoLoL

Para "O verde que goste é...?":
1) Se mesmo esse comentário originou no PS a reacção que gerou, começo a concordar com o Luís Delgado (quem diria!!): o PS é que desviou o debate político para a sarjeta. Não se justifica!! De forma nenhuma!!
2) É irónico que este tema seja abordado pela tua pessoa!! Não queres fazer uma entrevista ao 24 Horas onde contas o que já sentiste na pele sobre o assunto do "boato"? LoLoL Podias ser uma espécie de "Paula Jones à portuguesa"!! Ainda por cima agora que o homem está na Madeira!! :P

Para MysterOn:
1)Até já!! LoL

Para a minha queridíssima e única Cátia Stanica!!
Acredites ou não vou sentir muito a tua falta!! Não te esqueças de mim que eu certamente não me esquecerei ti... Adoro-te Fofuxa!! Não te esqueças disso nunca!!

P.S. Já agora vê se tens juizinho :P

Nada mais havendo a acrescentar, quele abraço!!!

Os Dilemas

Minha gente, farto das críticas injustas que me tem feito, por não ter um intervenção opinativa regular neste blog, é com muito raiva que me revolto
Fazendo me valer da minha legítima palavra, anuncio em primeira mão que possuo 17 quilos a mais desde que saí da minha ilha para "Portugal" á 6 anos atrás. Ninguém imagina o choque que é chegar ao pé de uma balança, após um serviçinho na retrete e descontraidamente pousar o belo corpo numa máquina incrivelmente idiota que em vez de proporcionar optimismo esfrega-nos a realidade nua e crua do insucesso biológico. Andamos nós anos e anos a fio a trabalhar a mente, a desenvolver o nosso poder cognitivo, para depois numa tarde solarenga apercebermo-nos que não somos perfeitos. :) Enfim...
Mas sinceramente venho aqui "postar" um pequeno texto sobre um assunto melindroso e muito sugestivo da capacidade de influência da esquerda em Portugal. Há dias a fazer o habitual zapping numa televisão com dezenas de opções de visionamento, cheguei ao canal da televisão pública e deparei me com uma nova comédia. Pensava eu que o Gato Fedorento era actualmente a rubrica cómica mais valiosa em Portugal. Enganei-me. "O Debate da Nação" tem protagonistas interessantes, futuros talentos na elaboração humorística no nosso país. Mas há que destacar uma personagem, Fernando Rosas, o activista verbal mais produtivo e cómico que alguma vez vi (Os talentos do GATO FEDORENTO que se amanhem).Então não é que o homem (de certeza num estado de delírio momentâneo) afirmou que era preferível(não encontrei outro eufemismo mais soft) que Portugal deixasse de pertencer á nossa única e viável solução defensiva bélica que é a NATO...?!"Que giro" disse eu!Vamos, vamos promover uma "manif" á porta de uma faculdade, vamos reagir com desagrado pela nossa única garantia de defesa militar! Os requesitos de participação são poucos. A saber: Aqueles com consciência reaccionária são bem vindos, são obrigatórios cartazes em cartão porque o papel tá caro(Nota:Vão ás traseiras do Colombo eles fornecem gratuitamente o material) com inscrições do tipo, "Abaixo a nossa única garantia de sobrevivência em caso de conflito armado", "Abaixo os idealismos demagógicos de direita que acreditam no real e não sonham com o sonho" , já agora juntando o útil ao agradável inscrições criticando as propinas são bem vindas.(Se a manif ocorrer em Maio tá lixado, pois o dinheiro vai todo pá cerveja e não há maneira de financiar a revolução. Não faz mal, revoltamo-nos contra a empresa de cervejas, apelamos á redução drástica do elevadíssimo preço da cerveja, e aí sim fazemos barulho, revoltamo-nos, embriagamo-nos e vamos para casa com o sentido de dever realizado.)"Mãe fiz barulho, embebedei-me, desafiei as autoridades, levei na tromba e agora preciso de um ano de molho para reestabelecer a pujança porque daqui a 365 dias há mais!"
Agora digam-me voçês, consciências racionais, a legitimidade de presença um partido de esquerda no plenário democrático europeu quandos eles mesmo atentaram contra o único sistema passível de integração social harmoniosa e pluralista. O comunismo não funciona, a ideia até é gira, como era muito giro ler o "Tio Patinhas" ou mesmo o "Pato Donald", mas na prática não funciona, a mente humana é demasiado corruptível! Eu acredito no pluralismo, acredito na capacidade de intervenção social e a necessidade de congregação de ideais variados para a presecução da estabilidade profissional de uma nação.Mas agora utilizar o espaço público para vender ideais baratos e prometer a harmonia social através de medidas que promovam a comunhão de interesses, é depreciativo e ridículo! Cada um é como cada qual! Ou como a minha Mãe costuma dizer "cada macaco no seu galho", se pusermos muitos macacos num galho aquela merda parte-se...

Ai, ai o Garcia Pereira...Mais um...

O Garcia Pereira não vendeu os seus ideais porque dinheiro ele tem, e muito.Ele não precisa de criar uma campanha feroz ao lado dos seus opositores mais directos, porque é um dos únicos gajos "do lado que a gente não gosta" que lucra com ideais utópicos, e com campanhas movidas por um secretismo específico. Um gajo na política com muito dinheiro gere uma roda de influências consertadas e localizadas, nunca dá nas vistas, e se dá ou é porque tá como o país, a cair fundo sem salvação apregoando mundos e fundos para retomar o tino ou então está a passar por uma crise de meia idade, crise que apela sempre a sentimentalismos incoerentes movidos pela responsabilidade moral. Disse!

As pseudo-inaugurações

Tenho uma grande dificuldade em perceber a finalidade das inaugurações cá na Madeira. Não seria, se calhar, de esperar que depois de uma obra ser inaugurada pudesse realmente entrar em funcionamento e ficar disponível para a população? Não será esse o objectivo das inaugurações? Ou então...esperem...é curioso que muitas dessas obras foram «supostamente» inauguradas antes das últimas eleições, sob um ritmo louco e desenfreado que até chegou às quatro inaugurações por dia...
Para os meus caros amigos que estão por aí entre a «máfia de Lisboa» (uma das expressões predilectas do nosso presidente)e por isso, não estão a seguir a par e passo o que se passa por cá, fiquem a saber que foi inaugurado um Centro Cívico (espaço cultural) no Estreito em Outubro, mas ainda hoje estão a ser feitas obras - e bem significativas - que impedem qualquer tipo de utilização da parte da população. É isso mesmo: foi inaugurado, mas vai fazer quatro meses que continua fechado...
O pior é que há muitos mais exemplos.
Viva a «caça» ao voto!!!

PS: amigo barrete de orelhas, lamento te dizer, mas tens andado mal informado. Não percebo como é que não ouviste a «indirecta do outro colo» de Santana Lopes para José Sócrates ... Em vez de andares só a pensar no Brasil, tens de começar a ver mais televisão e a ler mais jornais...

quarta-feira, fevereiro 02, 2005

BIG MAC faz mal às ideias...

Parece que as ideias do nosso amigo "mais direitista" (pois reservo o estatuto de "direitista" para a minha própria pessoa) estão completamente atrofiadas pelo consumo excessivo de BIG MAC's quando "vai ao ginásio" pois se ultimamente tem tido ideias, não as tem compartilhado com o povo...

A(s) cor(es) da Madeira

Depende das opiniães!!! Aí está um espaço sério de discussão dos assuntos mais prementes da sociedade, ideal para o nosso grande amigo "direitista" e aspirante a poeta poder brilhar, embora, pelo menos por agora, tenha demonstrado que prefere apontar e não disparar...Mas deixemo-nos de comer milho frito com bifes de atum e falemos do que afinal me fez juntar este blog: Basicamente para dizer o que me vai na "veneta". Sem preciosismos nem palavras caras, apenas e só para dar a minha opinião especialmente sobre aquilo que se vai passando por estas bandas, numa sociedade onde tudo tem de ser laranja, onde o rosa continua muito esbatido e onde as outras cores mal se veêm...PS: Gostei especialmente da parte referente ao trabalho árduo num ginásio que nunca foste. Esperem caros amigos, pelos vistos parece que vem aí outra joia e mensalidade "chorudas" num ginásio qualquer para duas semanas depois voltar à pizza e aos DVD`s. Ai meu rico dinheirinho...

As pseudo-inaugurações

Tenho uma grande dificuldade em perceber a finalidade das inaugurações cá na Madeira.
Não seria, se calhar, de esperar que depois de uma obra ser inaugurada pudesse realmente entrar em funcionamento e ficar disponível para a população? Não será esse o objectivo das inaugurações? Ou então...esperem...é curioso que muitas dessas obras foram «supostamente» inauguradas antes das últimas eleições, sob um ritmo louco e desenfreado que até chegou às quatro inaugurações por dia...
Para os meus caros amigos que estão por aí entre a «máfia de Lisboa» (uma das expressões predilectas do nosso presidente)e por isso, não estão a seguir a par e passo o que se passa por cá, fiquem a saber que foi inaugurado um Centro Cívico (espaço cultural) no Estreito em Outubro, mas ainda hoje estão a ser feitas obras - e bem significativas - que impedem qualquer tipo de utilização da parte da população. É isso mesmo: foi inaugurado, mas vai fazer quatro meses que continua fechado...O pior é que há muitos mais exemplos.Viva a «caça» ao voto!!!
PS: amigo barrete de orelhas, lamento te dizer, mas tens andado mal informado. Não percebo como é que não ouviste a «indirecta do outro colo» de Santana Lopes para José Sócrates ... Em vez de andares só a pensar no Brasil, tens de começar a ver mais televisão e a ler mais jornais...

A Estreia (a minha estreia!)

Pois é! Após alguma pressão exercida, aqui estou eu pronto para animar o debate. Esse sim!...vai depender das opiniões.
A principio hesitei, mas vou arriscar uma entrada talvez um pouco dolorosa (mas que vai agitar as águas...do tipo Ts...iii voçês sabem!!
Assim sendo, não pude deixar de passar a oportunidade (numa fase desportiva complicada, ou melhor, anormal...) de apresentar a foto que se segue...
Assumo-me como Tripeiro!!! O Mestre cá do sítio (Stanic) é que não vai gostar mas é assim a vida!!
Aaproveito então, para me estrear puxando pelo Orgulho Tripeiro, (momento desportivo complicado...ou melhor atípico) numa semana em que também o Couceiro se vai estrear como treinador do melhor clube de futebol do Mundo!! (não sou eu que o digo...foi assim que aconteceu, e pelo menos assim será até à próxima final...hihihi).
Resta-me esperar que se "libertem" então do "vermelho" que vai existindo dentro de Vós!!!
e bom debate!!

P.S Campeões Somos Nós!!

(...não estive para atrofiar com o "hello" para pôr a foto, logo o Stanic é quem vai tratar do assunto.A ironia é ser ele a fazê-lo!)

Esta foto é da exclusiva responsabilidade de MysterOn. De qualquer forma é de elogiar a grandeza dos benfiquistas, que conseguem reconhecer o humor, mesmo quando a mensagem é ofensiva!! Aconteceria o mesmo se fosse ao contrario?? Posted by Hello

Qual a posição de Socrates acerca da roupa interior?

Estou baralhado!! Alguém viu Santana Lopes fazer alguma insinuação sobre a sexualidade de José Socrates? Sinceramente se alguem viu por fazor mostrem-me! Metam-me uma comment com um link onde possa confirmar isso. O que me parece é que, não dispondo de qualquer argumento para defender o principal tema da campanha (até agora) - a situação económica do país - O (ainda) Primeiro Ministro procurou direccionar o debate para assuntos onde o seu único trunfo (o carisma, embora cada vez menos arrebatador e cada vez mais anedótico) pode ganhar-lhge alguns votos.

Os direitos dos homosexuais, a clonagem, a eutanásia... são temas importantes a ser discutidos, mas é óbvio que a motivação de SL não é promover um debate interessante e pertinente que esta campanha precisa. A sua intenção é meramente desviar as atenções dos temas que não lhe "dão jeito". Desesperado ao adivinhar a sua anunciada morte política ao virar da esquina, SL até puxaria o assunto dos padrões mais bonitos de edredons, desde que isso desvia-se as atenções da situação económica do país, da avalanche de trapalhadas politicas registadas em apenas 4 meses de governação, e dos outros temas em que não tem argumentação possível pois a demagogia do seu discurso já não pega.

A "questão do boato" (chamemos-lhe isso) foi mordida pelo PS com alguma infantilidade. Bastou SL meter o barco na água e o peixe saltou-lhe para dentro. Nem precisou meter o isco no anzol e lança-lo à àgua. Tal só pode revelar que o PS parecia estar à espera disto pela força e tenacidade das reacções. Pessoalmente já conhecia o boato era o Eng. José Socrates Ministro do Ambiente, pelo que ou não é só um boato, ou o PSD já andava a preparar isto há 3 anos, ou o PS foi, em linguagem corrente, "anjinho".

Mas reacção do PS é ainda mais ridícula, independentemente da veracidade do boato ou não. O energético protesto (e um tanto homofóbico) do PS demonstra que caso fosse verdade o partido não teria escolhido José Socrates para seu líder? Provavelmente!! Pessoalmente o boato tem tanto valor como se SL perguntasse pela posição do PSD acerca da roupa interior e José Sócrates não gostasse de usar roupa interior... o que é que eu tenho a ver com isso??

Provavelmente diriam que nada, e não tenho mesmo. Mas diriam também (motivados por fins eleitoralistas) que o país ainda não está preparado para um Primeiro Ministro com os genitais à solta por dentro do fato, mas que isso não o impede de ser bom PM (excluindo o risco de embaraços ao nível da política internacional quando o PM se encontra-se com um/a lider estrangeiro/a c 1 belo decote). No entanto se isso tem que ser escondido pelos próprios pares do referido, é errado. Os portugueses devem votar nas pessoas por mérito e pela competência e se não conseguem viver com isso têm que acordar pra vida!! No entanto isso torna-se difícil quando o mau exemplo vem de cima. A evolução da sociedade só é possivel através de bons exemplos.

Nada teria ficado melhor a José Socrates do que, perante as questões de Judite de Sousa, o Candidato a Primeiro Ministro tivesse respondido com um simples "não comento, não vou descer ao nível deles". A forma como o boato foi negado pelo Engenheiro e pelo partido faz transparecer que existiria um problema se o boato fosse verdade. O exemplo tem que vir de cima. Talvez os portugueses o seguissem.

P.S. Pedro Silva Pereira mentiu. O PSD não inaugurou a Publicidade negativa. O BE (possivel futuro aliado do PS) há muito que usou os cartazes com Durão Barroso e Paulo Portas com a mensagem "Eles mentem".

terça-feira, fevereiro 01, 2005

Tsunami... ? Qual Tsunami !? Posted by Hello

Será que Louçã os tem no sítio? Posted by Hello

 
Free Web Site Counter
Hit Counter